Google+ Álem M. Martins: Minhas origens - Entre Folhas – Minas Gerais - Brasil

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Minhas origens - Entre Folhas – Minas Gerais - Brasil

Fonte; Biblioteca do IBGE

Minas Gerais - MG

Histórico

A foto é de Beth Martins. (Minha irmã)

Em 1781 iniciam-se as explorações de um território que recebe o nome de Entre Folhas, por causa de um córrego coberto de folhas que corria entre as matas. Entre Folhas, situado num pequeno vale dessa localidade, possui uma das histórias mais ricas da região. Sede da Intendência do Império, a localidade, por força e influência política dos coronéis, que agiam em defesa de interesses próprios, teve seu desenvolvimento tolhido sendo obrigado a percorrer o caminho inverso ao progresso.

Pelos idos de 1900 a promissora Intendência do Império foi destituída de sua importante e influente posição que mantinha sob sua dependência diversas localidades vizinhas da imensa região, inclusive Caratinga, na época enquadrada como distrito de Entre Folhas.

Com a mudança trazida pela nomeação e transferência da sede municipal para Caratinga, com participação direta de João Pinheiro, então recentemente eleito  governante do Estado, Entre Folhas inicia uma era de decadência, e o povo assiste à queda econômica da promissora localidade. Estruturada para vivenciar uma época de progresso, Entre Folhas possuía, dentre outras grandes obras, um hospital que prestava atendimento qualificado a toda a região.

Apesar de todo seu arquivo histórico, com datas anteriores a 1920, mantidos na igreja da matriz, terem sido queimados em incêndio acidental, as marcas históricas de Entre Folhas permanecem ainda, nos dias de hoje, estampadas nos casarões centenários espalhados por toda a cidade. O sino de bronze doado por Dom  Pedro II, trazendo o selo da casa de Bragança, é ostentado com orgulho pela Igreja da Matriz Nossa Senhora do Rosário e admirado pelos visitantes.

O povo ainda reverencia a memória do padre José Lanzilote, construtor da imponente igreja. O antigo órgão de tubo, também mantido na igreja da matriz, é outra atração conservada da história vivida nos tempos gloriosos do município.

A luta pela emencipação de Entre Folhas é tão antiga quanto a sua história. Contam os moradores mais velhos, que ouviram relatos de seus pais e avós, que logo nos primeiros anos de vida como distrito de Caratinga, houve movimentação em torno da independência, vetada na época por interesses políticos. Na verdade a emancipação nunca deixou a memória dos idealistas entre-folhenses, que ansiavam por alcançar a liberdade perdida, e por várias vezes, reivindicaram sem sucesso seu direito.

Gentílico: entre-folhense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Entre Folhas, pelo Decreto estadual nº 16, de 06-02-1890, e Lei estadual nº 2, de 14-09-1891, subordinado ao município de Manhuassu.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Entre Folhas, figura no município de Caratinga.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pela Lei nº 336, de 27-12-1948, o distrito passou a grafar Entre-Folhas, é reconduzido a categoria de sub-distrito.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, Entre-Folhas figura com sub-distrito do município de Caratinga.

Pela Lei estadual nº 1039, de 12-12-1953, é recriado o distrito com a grafia de Entre Folhas e anexado ao município de Caratinga.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o distrito de Entre Folhas, figura no município de Caratinga.  Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1991.

Elevado á categoria de município com a denominação de Entre Folhas, pela Lei estadual nº 10704, 27-04-1992, desmembrado de Caratinga. Sede no antigo distrito de Entre Folhas.

Constituído do distrito sede. Instalado em 01-10-1993.

Em divisão territorial datada de 2001, município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Retificações de Grafias

Entre Folhas para Entre-Folhas, alterada pela Lei nº 336, de 27-12-1948.

Entre-Folhas para Entre Folhas, alterada pela Lei nº 1039, de 12-12-1953.

Um comentário: