Google+ Álem M. Martins: Vai que cola??? - Candidata rubricou documento sem ler sequer uma linha, diz PT

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Vai que cola??? - Candidata rubricou documento sem ler sequer uma linha, diz PT

Displicência teria ocorrido por causa da pressa em assinar 'pacotes de papéis' sobre a inscrição da chapa na Justiça Eleitoral

João Domingos / Brasília - O Estado de S.Paulo

De acordo com informações do PT e da assessoria da candidata Dilma Rousseff, tanto ela quanto o presidente do partido e coordenador de sua campanha, José Eduardo Dutra, assinaram a versão radical de programa de governo entregue ao TSE na segunda-feira sem ler nem sequer uma linha do que estava escrito. Na versão da campanha, a displicência teria ocorrido por causa da pressa da candidata em assinar "pacotes de papéis" sobre a inscrição da chapa na Justiça Eleitoral antes de embarcar para São Paulo.

Na correria, em vez de fazer cópia do esboço do programa de governo mostrada ao Estado, no domingo, a equipe de Dilma entregou a ela e a Dutra a resolução sobre as diretrizes do 4.º Congresso do PT, realizado em fevereiro. A resolução continha teses radicais, entre elas uma que abria brecha para a interpretação de uma suposta defesa da legalização do aborto, e outra já superada a que propõe a criação de um vale-cultura aprovado pela Câmara e pelo Senado e dependente apenas de ajustes de texto para virar lei.

Dilma e Dutra rubricaram todas as 19 páginas do programa radical. As propostas incluíam ideias como o controle social da mídia, a taxação de grandes fortunas e a revogação do dispositivo que torna áreas invadidas indisponíveis para a reforma agrária.

"Sabotagem". Dentro da campanha da petista chegou a haver a desconfiança de que algum petista ligado às alas radicais poderia ter sabotado as cópias e trocado a do esboço do programa que ainda receberá emendas do PMDB e dos demais oito partidos aliados pela das resoluções do 4.º Congresso.

Essa possibilidade, no entanto, foi descartada porque na coordenação, em Brasília, não há nenhum integrante dos radicais. Toda a direção de campanha é composta pelas alas mais moderadas.

Como depois de assinar a papelada, Dilma viajou para São Paulo e José Eduardo Dutra teve uma crise hipertensiva o que o levou a ficar internado no Hospital do Coração até ontem pela manhã, a coordenação da campanha só percebeu a troca quando passou a receber ligações de jornalistas que indagavam sobre o sentido daquelas propostas tão radicais.

"Falha nossa". Quem descobriu foi o secretário de Comunicação do PT, deputado André Vargas (PR). "Por volta de 15h30 recebi uma ligação que indagava sobre algo que eu não sabia responder. Fui à página do TSE verificar o que estava ocorrendo e percebi a troca dos programas. Foi uma terrível falha nossa, que certamente vai nos dar dor de cabeça por uns dias, talvez semanas."

Vargas ligou para o coordenador jurídico da campanha, deputado José Eduardo Martins Cardozo (SP), que orientou o advogado Sidney Sá das Neves a substituir os documentos no TSE. Como Dilma não estava mais em Brasília e Dutra se encontrava hospitalizado, eles não puderam rubricar a segunda versão do programa de governo.

O documento foi assinado e rubricado pelos advogados Sidney e Mariana Azevedo Reis de Toledo. "Eles são procuradores do PT e podem assinar pelo partido", afirmou Cardozo, que viajara com Dilma para São Paulo e ontem estava em Porto Alegre.

Mesmo tendo rubricado a documentação radical, Dilma quase teve um ataque ao saber o que estava acontecendo. De acordo com informação de petistas, enfurecida, a candidata chegou a afirmar que alguém do partido deveria estar sabotando a campanha, visto que o documento com as propostas polêmicas apresentado ao TSE era exclusivo do PT.



Um comentário:

  1. Estou distribuindo uma planilha EXCEL com 155 nomes de políticos, com acusações ou crimes a que respondem, por partido, estado, etc.! Já repassei para toda a minha lista de e-mail, e ando com algumas cópias, do meu estado (RJ), que entrego para as pessoas que não têm acesso a internet. Se estiver interessado (a), entre em contato! Pior do que querer fazer e não poder é poder fazer e não querer! Grande abraço! Precisamos mostrar aos tolos, em quem não votar! SE CADA UM DE NÓS ENVIAR ESSA LISTA PARA 10 AMIGOS E TODOS TIVERMOS CONSCIENCIA, EM 6 RODADAS TEREMOS DIVULGADO A 1.000.000 (HUM MILHÃO) DE BRASILEIROS. Por favor, gente vamos espalhar esta relação para o maior número de pessoas que pudermos. Estou fazendo a minha parte... Somos 45 Milhões de Internautas, 15 Milhões em Banda Larga!

    ResponderExcluir