Google+ Álem M. Martins: Governo falseia dados para inflar a execução do PAC

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Governo falseia dados para inflar a execução do PAC

Governos desenvolvem tanto a arte da mentira que, a certa altura, já não acreditam na capacidade dos outros de desmascará-los.

Nesta quinta (9), por exemplo, difundiu-se no Planalto, com esmerada sinceridade, uma deslavada mentira.

Em cerimônia oficial presidida por Lula, informou-se que PAC chega ao final do governo com 82% de suas obras concluídas dentro do prazo.

Dito de outro modo: ao final do segundo reinado (2007-2010), apenas 18% das obras sofreram atrasos.

A beleza dos dados é produto de maquiagem. Para agigantar seu desempenho, o governo rebaixou suas metas.

Em verdade, pelo menos 32% das obras estão inacabadas.

Iniciado como pa©tóide e vendido em pa©mícios, o programa ganhou uma última versão pa©osmética.

Um observador implacável diria que, sob Lula, Brasília mente. O signatário do blog, menos intransigente, acha que o governo apenas difunde verdades múltiplas.

Escrito por Josias de Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário