Google+ Álem M. Martins: PF liga quebra de sigilo de tucanos à pré-campanha de Dilma, diz jornal

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

PF liga quebra de sigilo de tucanos à pré-campanha de Dilma, diz jornal

 

Publicada em 20/10/2010 O Globo

RIO - A investigação da Polícia Federal fez uma conexão entre a quebra do sigilo fiscal de pessoas ligadas ao candidato do PSDB à Presidência, José Serra, e o dossiê preparado pelo chamado "grupo de inteligência" da pré-campanha de sua adversária, a petista Dilma Rousseff. Segundo reportagem publicada na "Folha de S. Paulo" nesta quarta-feira, a PF já descobriu que quem encomendou as informações foi o jornalista Amaury Ribeiro Jr., ligado ao "grupo de inteligência" que seria responsável pelo levantamento de informações e confecção de dossiês que pudessem ser usados na campanha contra adversários.

Ainda segundo a "Folha", a PF identificou que o despachante Dirceu Rodrigues Garcia foi quem intermediou a compra de dados obtidos ilegalmente em agências da Receita em São Paulo.

A ligação foi estabelecida a partir do levantamento de ligações entre o despachante e o jornalista revelado pelo cruzamento de extratos telefônicos obtidos pela polícia com autorização judicial. Em depoimento à polícia neste mês, Garcia confirmou que Amaury pagou pelos dados da filha e do genro de Serra, Verônica e Alexandre Bourgeois, do dirigente tucano Eduardo Jorge e de outros integrantes do PSDB. O despachante disse ter recebido R$ 12 mil pelo trabalho.

Amaury sempre negou que estivesse trabalhando para a campanha do PT, mas ele teria participado de uma reunião da "equipe de inteligência" no dia 20 de abril num restaurante de Brasília. Na ocasião, o responsável pela comunicação da pré-campanha de Dilma era o jornalista Luiz Lanzetta. A existência do grupo foi revelado por uma reportagem da revista "Veja" em que Amaury atribuia a uma ala do PT o furto de informações do seu computador e o vazamento "por interesse político".

Garcia chegou a negar envolvimento com o caso, mas depois de ser confrontado com o histórico de telefonemas dele com Amaury admitiu o pedido e a execução dos serviços.

Nenhum comentário:

Postar um comentário