Google+ Álem M. Martins: UMA SUPER ESTRUTURA PARA LULA DA SILVA !!!

terça-feira, 16 de março de 2010

UMA SUPER ESTRUTURA PARA LULA DA SILVA !!!

 

(PARA VOSSA REFLEXÃO)

O resultado está aí. Em julho de 2008, a SECOM - Secretaria de Comunicação da Presidência da República, chefiada por Franklin Martins, com status de ministro, contratou por R$ 15 milhões anuais o Grupo CDN, uma das maiores empresas de comunicação do país, para cuidar da imagem do Brasil no exterior. No lugar de “Brasil”, leia-se “Lula”. Associada à Fleishman-Hillard, outra gigante das relações públicas internacionais, com mais de 80 escritórios no mundo, a empresa contratou sete jornalistas sênior, com salários mensais na casa dos R$ 20 mil, fluentes em inglês, espanhol e francês, com um único objetivo: colocar a marca “Lula” na mídia global. Nenhum outro líder mundial possui tamanha estrutura de imprensa trabalhando full time para polir a sua imagem e plantar boas notícias no mundo inteiro, com outra diferença.

Quer vir ao Brasil fazer uma reportagem? Lula convida, Lula paga a viagem, Lula abre as portas do Brasil para o fascinado jornalista, inclusive, muitas vezes, com direito a uma “exclusivazinha” para elevar o prestígio. Este ano, o que prova que grande parte dos R$ 15 milhões está sendo paga lá fora, a CDN cobrou apenas R$ 6,4 milhões do Governo Federal, até novembro.

Mas os resultados foram simplesmente espetaculares. Em 2009, Lula concedeu 114 entrevistas, das quais 43 exclusivas para as maiores redes de comunicação internacionais e para os maiores jornais e revistas, oferecidas tanto no Brasil quanto no exterior. Frente a tudo isso, fica fácil entender a razão pela qual o premiadíssimo Lula, no ano da grande crise, saiu maior do que o Brasil, em termos de imagem internacional. A pauta era essa mesmo.

Mercador de ilusões

Os países que mais incensaram Lula foram os Estados Unidos da América, onde Obama o chamou de "meu cara". A Espanha, cujo maior jornal elegeu o presidente brasileiro Homem do Ano, assim como a França, onde o periódico mais importante escolheu Lula como o personagem de 2009. E também teve a Inglaterra, onde o Financial Times identificou o brasileiro como um dos líderes que moldaram a década. Graças ao apoio à Ahmadinejad, até a Al Jazeera trombeteou que Lula resolveu os problemas das favelas do Brasil.

Haja espaço para a arrogância e o narcisismo de Lula. Mas em termos práticos, o que o Brasil ganhou com isso? Os Estados Unidos compraram 45% menos produtos e serviços brasileiros no ano que passou. A Espanha reduziu as suas compras em 34%. A França importou menos 33%. E a Inglaterra cortou em 9% as compras do Brasil. O resultado final é que os países que transformaram Lula em sucesso global compraram U$ 15 bilhões a menos em 2009.

Vale ressaltar que a maior “lambeção” para cima de Lula foi a protagonizada por Sarkozy e a sua linda concubina. Pois é. Além de um superavit de mais de U$ 1 bilhão para a França, o francês quase fechou uma venda de U$ 10 bilhões em caças que nunca voaram além da Provence. Como o interesse de Lula e do PT é apenas o discurso interno, números são apenas um pequeno detalhe.

A não ser manter os 80% de popularidade do mercador de ilusões, custe o que custar.

RAY PINHEIRO
BRASILIA-DF- BRASIL

4 comentários:

  1. Os cegos não enxergam mesmo, né. O homem mudou a cara do país, é reconhecido no mundo inteiro e as viuvinhas de FHC e Collor de Melo ficam debochando. Aguenta, moçada... Dilma vem aí.

    ResponderExcluir
  2. Enquanto isso:

    Avaliação positiva do governo sobe a 75%

    Três quartos dos entrevistados acha a administração Lula "ótima" ou "boa”, um recorde.

    Podem babar à vontade. nóis é jeca mais é jóia.

    ResponderExcluir
  3. Aos anonimos

    E sem vergonha na cara.

    Vocês são adeptos do rouba mas (finge que)faz.

    ResponderExcluir
  4. Escondem por detrás de uma "bible" e despejam o ódio e o veneno sobre aqueles que se preocupam com a fome do pobre. A preocupação maior que recai sobre as cabeças de vocês é a de ver que suas empregadas domésticas começam a ganhar salários com maior poder de compra.
    Os burgueses são assim mesmo; entram dentro de um carrinho de merda e acham que são mais bonitos e melhores que os outros. Lula deu outra cara ao Brasil. Por certo que já se esqueceram da tão famigerada DIVIDA EXTERNA, do FORA FMI, e dos pedintes batendo nas suas portas, pra vcs rirem de suas caras amarelecidas e rotas.
    Mas, Dilma vem e vai dar continuidade. Isso é tão certo como a volta de Jesus. Aliás, se ele estivesse por aqui, mandaria votar na Dilma. Afinal não foi ele quem multiplicão pão e peixe?

    ResponderExcluir