Google+ Álem M. Martins: A eficiência da administração estatal

domingo, 7 de fevereiro de 2010

A eficiência da administração estatal

A Infraero, estatal responsável por gerir a infraestrutura dos aeroportos, comprou ao longo do ano passado 130 ônibus para reforçar sua frota que faz o percurso entre os saguões dos terminais e as aeronaves na pista. A medida foi uma das providências tomadas para tentar evitar o caos observado todo final de ano nos principais aeroportos do país. Só faltou um detalhe: a Infraero esqueceu de contratar motoristas. O resultado é que em vários aeroportos, como no Galeão, no Rio de Janeiro, em Brasília e em Porto Alegre, os ônibus passaram o final do ano estacionados, enquanto as filas de passageiros engrossavam nos salões de embarque. Segundo a Infraero, a contratação de motoristas é descentralizada em cada aeroporto e está em andamento. Em alguns terminais, como o de Belo Horizonte, até o fechamento desta edição os novos motoristas ainda não tinham chegado.

Fonte: Revista Exame

Nenhum comentário:

Postar um comentário